elias@minasi.com.br 42 9.9941-4488
A temperatura de nossas emoções
Fevereiro 7, 2018
0

Emoção é energia. É a linguagem do corpo para nos comunicar o que se passa dentro de nós. Se falamos de energia, podemos falar de temperatura. Essa pesquisa realizada por pesquisadores Filandeses mostra como as emoções em forma energética se dispõe ao longo do corpo quando estamos sob a sua influência. Na linguagem popular, geralmente associamos as cores às emoções: fiquei branco de medo, fiquei roxo de vergonha, etc…

Muitas pessoas sentem emoções em certas partes de alguns órgãos, por exemplo estresse em seu pescoço ou ansiedade em seu estômago, talvez a felicidade em seu peito. Como você pode ver no mapa, “raiva” é uma inebriante emoção, no topo do corpo, enquanto o “amor” e “felicidade” é sentido fortemente em todo ele. Sentimentos como “tristeza” e “depressão”, no entanto, são experimentados como uma desativação relativa de sensações, em comparação com estados normais ou estados de esfriamentos energéticos

É tudo parte do fascinante novoAtlas do Corpo , produzido a partir de pesquisa realizada por cientistas finlandeses , que mostra um mapa de calor de onde em nossos corpos, podem se manifestar diferentes emoções.

Para criar o mapa, os pesquisadores mostraram a mais de 700 voluntários várias palavras, histórias, filmes e imagens associadas com diferentes emoções “básicas” e “complexas”, e pediram-lhes para apontar regiões corporais onde eles sentiram aumentando e diminuindo a atividade em reação .

Seus resultados, relatados nos Anais da Academia Nacional de Ciências , produziram mapas de calor consistentes que foram estatisticamente marcados para cada emoção, e reprodutível entre os voluntários, que eram de finlandeses, suecos e chineses (Taiwan). A conclusão é que as assinaturas emocionais em diferentes partes do corpo são “culturalmente universais” e estão ligadas a sistemas biológicos, em vez de desencadeada por aquilo que as pessoas aprenderam a pensar, com base em frases de linguagem comuns, tais como “ter borboletas no estômago. ” Ou seja, as emoções estão ligadas ao corpo e não à forma como pensamos, independentemente do pensamento, elas ocorrem energeticamente em nossos corpos.

Uma melhor compreensão das sensações corporais associadas com emoções poderia ajudar os profissionais de saúde física e mental a melhor tratar  distúrbios de humor, como depressão e ansiedade, e até mesmo fornecer melhores formas de diagnosticar ou detectar estes problemas.

“Os sentimentos advindos das emoções estão associados com mapas independentes,  sobrepostas às sensações corporais, que poderiam estar no centro das experiências emocionais”, concluem. “A percepção dessas mudanças corporais desencadeada pela emoção, pode desempenhar um papel fundamental na geração de sensação consciente das emoções.”

Deixe uma resposta


Fatal error: Call to undefined function is_product_category() in /home/volar786/public_html/minasi.com.br/wp-content/plugins/embed-google-adwords-codes-on-woocommerce/embed_google_adwords_codes.php on line 124